Voltar

Greco-católicos

Greco-católicos

Os greco-católicos é uma comunidade dos cristãos de rito litúrgico bizantino, que reconhece a soberania do papa e o dogma católica, mas mantém a separação entre o litúrgico e o legal (língua da liturgia, calendário Juliano, hierarquia da igreja, casamentos dos padres antes da recepção das ordens sacerdotais). O surgimento da estrutura greco-católica na Polónia data-se para o ano 1596. No concílio em Brześć Litewski foi estabelecida então a união entre a igreja católica e ortodoxa, conforme a qual uma parte dos padres ortodoxos dos terrenos do Leste da antiga República da Polónia aceitou a soberania do bispo de Roma. A assinatura da união para muitos anos agravou as relações entre os ortodoxos e greco-católicos. Após a II guerra mundial, o património da Igreja greco-carólica foi ocupado pelo estado e os  padres  perseguidos. A situação mudou depois do ano 1999, quando o papa criou a metrópole przemysko-warszawska e  a diocese wrocławsko-gdańska.  Avalia-se que na Polónia existem cerca de 55 mil dos fiéis. Os feriados mais importantes greco-católicos são: Natal (7 I), Páscoa, Batismo do Senhor (19 I), Apresentação de Jesus no Templo (15 II), Anunciação da Mãe de Deus ( 7 IV), Domingo da Ramos, Ascensão de Jesus, Dia da Santa Trindade – Quinquagésima, Transfiguração do Senhor (19 VIII), Dormição de Maria (28 VIII), Nascimento da Maria (21 XI), Exaltação da Santa Cruz (27 IX) e Apresentação da Maria (4 XII). Na região de Małopolska os greco-católicos moram principalmente na parte sul-leste – desde Beskid Sądecki até Beskid Niski. As paróquias encontram-se em Bielanka, Gładyszów, Gorlice, Cracóvia, Krynica-Zdrój, Łosie, Nowica, Nowy Sącz, Pętna, Rozdziel, Śnietnica, Uść Gorlicki, Owczary e Wysowa Zdrój. Muitas igrejas greco-católicas foram ocupadas pelas paróquias ortodoxas ou católicas, entre outros, em Kwiatoń, Hańczowa, Powroźnik, Tylicz, Muszynka, Polana, Berest, Leluchów, Leszczyny ou Szczawnik. O santuário local greco-católico, como também o ortodoxo, encontra-se na Santa Montanha Jawor, em Beskid Niski. No lugar de aparecimento da Nossa Senhora no ano 1925 foi elevada uma igreja de madeira. As cerimónias principais no santuário celebram –se no dia 12 de Julho no feriados dos apóstolos Pedro e Paulo, altura quando vem a peregrinação da Wysowa. Os fiéis levam as cruzes, depois escavadas no terreno junto da igreja. As cerimónias importantes têm lugar também no feriado de Proteção de Santa Maria (14.10) e em cada quinto domingo após a Páscoa, quando se bendiz a água da fonte situada junto da igreja. Acomunidade grego-católica na região de Małopolska não é apenas oculto da religião, mas também o culto da tradição. WatraŁemkowska é um feriado anual da cultura dos łemkowie celebrado em Julho na cidade Zdynia. As ocasionais „Kermesze”, ouseja as feiras religiosas, constituem uma interessante forma deligação entre a religião e a cultura. São particularmentepopulares nas paróquias grego-católicas ao sul-leste de Małopolska.„Kermesze” são organizados nos meses de Outono juntamente com osferiados paroquais. O principal evento cultural no território dodistrito gorlicki é o Festival da Música Ortodoxa que em cada Julhoreúne um grande público.

Multimídia

Reproduzir Reproduzir