Voltar

Zakopane - Pęksowy Brzyzek

Zakopane - Pęksowy Brzyzek

O cemitério no Pęksowy Brzyzek na rua Kościeliska é a mais aintiga necróple de Zakopane. Foi fundada por volta do ano 1850 pelo príncipe Józef Stolarczyk. O nome vem do sobrenome de Jan Pęksy quem ofereceu a terra para o cemitério onde foi depois enterrado. Na gíria das montanhas “brzyzek”, “brzysko” significa “escarpa ao pé da corrente, um pedaço do terreno na margem da propriedade”. No cemitério repousam as pessoas merecidas para Zakopane, Podhale e Polónia inteira, entre elas: padre Józef Stolarczyk (primeiro paróco de Zakopane), Stanisław Marusarz e Helena Marusarzówna (excelentes olímpicos antes da guerra), doutor Andrzej Chramiec (fundador da empresa de saúde), Juliusz Zborowski (etnógrafo de Podhale), Kazimierz Przerwa-Tetmajer (poeta, cujas cinzas no ano 1986 foram transferidas do cemitério Powązki de Varsóvia), Jan Krzeptowski (Sabała – montanheiro lendário), doutor Tytus Chałubiński (um dos  fundadores da Associação de Tatra), Stanisław Witkiewicz (pintor, arquiteto, escritor), Maciej Sieczka (um dos mais famosos guias de Tatra do século XIX), Kornel Makuszyński (autor de literatura para as crianças). Na frente da igreja situa-se a mais antiga igreja de madeira de Zakopane da Nossa Senhora de Czeętochowa.

Multimídia

Reproduzir Reproduzir

Recursos Relacionados